pt

Foco na taxa de rotatividade e relação contributiva com o BI

"Com o Business Intelligence, agora temos confiança para fazer o acompanhamento dos produtos através do sistema; podemos identificar a taxa de rotatividade até o nível do produto, e podemos analisar e comparar os dados", afirma Asger R. Poulsen, gerente de TI da holding Carl Christensen (CAC). Ele continua: "especialmente o departamento de compras que está explorando novas possibilidades. Eles podem monitorar se os fornecedores cumprem a taxa de entrega, prazos de entrega e quantidade, e podem acompanhar o desenvolvimento dos prazos de entrega para verificar se o nossos objetivos esperados foram conquistados, etc. Antes do TARGIT, nós conseguíamos obter as informações referentes aos nossos números, porém isto nos tomava muito tempo. Tivemos que designar um funcionário para obter estas análises - agora as análises e números estão prontas para uso".

Implementação rápida
A solução foi adaptada especialmente para CAC e os atacadistas au2parts propriedade total ou parcial da CAC, uma organização com um grande número de empresas que fornecem os dados para o Microsoft Dynamics NAVe eles têm diversas contas em duas bases de dados NAV. A implementação de todo o data warehouse levou apenas 125 horas no total, e que contém: Vendas, Pedidos em Aberto, Finanças, Orçamento, Compras e Gerenciamento de Estoque. Além disso, a solução se integra com a solução SuperOffice da CAC e au2parts, o que permite carregar uma análise diretamente no TARGIT a partir do contato do cliente no SuperOffice.

Anteriormente, a CAC e au2parts haviam adquirido cubos com dados padrão de outro fornecedor de BI, mas eles não foram capazes de lidar com as enormes quantidades de dados. Após isso, o TARGIT entrou em ação.

Os relatórios são distribuídos automaticamente
"Antes do TARGIT, tínhamos que encontraras informações e criar os relatórios e análises manualmente, mas agora o sistema distribui estas informações automaticamente para os diferentes departamentos. Poder obter informações de maneira rápida ampliou muito mais o nosso foco. Por exemplo, podemos agora concentrar-se principalmente sobre a taxa de volume de negócios. "Antes, era necessário um grande esforço da CAC para comparar a taxa de volume de negócios de todos os grupos de produtos. Agora, é fácil para detectar se, por exemplo, um atacadista está significativamente inferior à média, e é possível descobrir o motivo - e, possivelmente, encontrar uma solução para o problema também. "Nós conseguimos identificar uma maneira de aumentar a rentabilidade nos departamentos específicos", diz Asger R. Poulsen.

Mais importante, eles agora podem concentrar-se na taxa de rotatividade nos estoques, e manter o foco na relação contributiva nos clientes. Além disso, as contas provisórias estão ativas atualmente.

"Agora, somos capazes de identificar divergências no orçamento e ver onde exatamente ele está apresentando problemas. Podemos trabalhar ativamente com os orçamentos", diz Asger R. Poulsen. A estratégia é que todos os relatórios e análises sejam criados no TARGIT. "Os distribuidores têm um número relativamente pequeno de relatórios para utilização, porém, estes são apresentados e isso faz uma enorme diferença", diz Asger R. Poulsen.

Quando um gerente de conta de clientes entra em contato com um cliente a partir do au2parts, ele pode acessar informações importantes sobre o cliente em poucos instantes. Ele tem acesso direto à sua solução de BI através do sistema de CRM e ele é consegue visualizar todos os dados do cliente. Desta forma, ele está sempre pronto e ele tem uma visão clara e rápida da situação específica. Antes do TARGIT, demorava muito tempo para realizar o acesso às informações necessárias.

O crescimento cria a necessidade de uma visão geral maior
Após a aquisição do BI, a CAC está realmente focada na utilização das informações e os dados existentes. Isto foi necessário para a otimização da CAC que está vivenciando um grande crescimento, e conforme a empresa cresce, a quantidade de dados cresce juntamente com ela. Todos os dados são armazenados na base de dados do NAV que colocou grande pressão sobre o ambiente de operação, visto que todos os dados precisavam ser acessados diretamente através da base de dados do NAV. Eles costumavam usar o Jet Reports na CAC, mas isso complicava o trabalho para os usuários diários já que era preciso acessar diretamente a base de dados, o que gerava o descontentamento de outros funcionários. Agora, todos podem acessar os dados sempre que necessário.

"A criação de vendas adicionais para um cliente existente é sempre mais fácil do que conseguir um novo cliente, mas se você não souber o que o cliente não está comprando, é difícil convencê-los a realizar uma compra. Os funcionários precisam estar preparados para falar com o cliente", diz Asger R. Poulsen.

A CAC é formada por uma matriz e uma série de filiais – atacadistas (au2parts) – em todas as grandes cidades da Dinamarca. Algumas delas são de propriedade total ou parcial, e um terceiro grupo é composto por atacadistas independentes, mas todos eles possuem acesso às mesmas informações da matriz. Por exemplo, todas elas terão informações sobre o seu índice de contribuição, a fim de manter estas informações atualizadas ao realizar comparações com comparação com outros atacadistas. Na maioria dos casos, eles podem até mesmo acessar as informações do sistema de BI si. Nos atacadistas, tanto os gestores de conta de cliente e os líderes de equipe têm acesso à solução TARGIT e na sede, todos os departamentos (compras, vendas, gestão, TI, vendas/conceito) podem acessar a solução.


Bi Trends


BI Trends


A Aktieselskabet CARL CHRISTENSEN tem uma posição de destaque no mercado dinamarquês de produtos automotivos e industriais. A empresa tem um desenvolvimento dinâmico, com sede em Aarhus/Tilst e departamento em Glostrup. O CAC-group tem um volume de negócios de mais de 750 mill. DKK, e emprega cerca de 450 pessoas.