pt

O que está gerando o aumento do custo total da aquisição do BI? 

maio 03, 2016


NO geral, há quatro problemas onerosos que mais surpreendem as empresas ao realizar a implementação de uma solução de business intelligence e analytics. Se você for vítima de uma, provavelmente irá se deparar com as outras em breve. Os problemas referentes ao preço do Business intelligence estão relacionados, tornando a solução para estes mais difícil. No E-book, Controle o custo total da aquisição do BI, detalhamos tudo isso abaixo e fornecemos as melhores recomendações de nossos especialistas, a fim de saber como minimizá-los ou evitá-los.


total cost of ownership

O valor do business intelligence pode ser medido tanto no aumento da qualidade de vida no trabalho, quanto em horas economizadas, oportunidades de ganho, processos simplificados e na tomada das melhores decisões. Porém, cada um destes vem com acompanhado de uma etiqueta de preço. E no mundo do BI, esse preço pode variar muito de solução para solução, e não é necessariamente de acordo com o valor que ele agrega.

O custo total de aquisição (TCO) para uma plataforma de business intelligence e analytics tem uma fórmula bastante simples: infraestrutura + pessoas = TCO. Mas na realidade, há muitos fatores referentes à tecnologia e as pessoas que realizam a sua implementação, que as empresas muitas vezes se veem assinando cheques de até centenas de milhares de dólares a mais do que o que tinha orçado originalmente para em um sistema e processos que estão muito distantes do que foi prometido.

Segundo o Gartner, licença e manutenção de software representam menos de 15 por cento do custo total de um projeto de business intelligence. Na realidade, há um rol de custos diretos e indiretos que surgem constantemente.

Claro que existem custos únicos e recorrentes para dados, software, hardware e pessoas. Esses incluem tudo, desde a integração de dados, segurança e assinaturas de software para armazenamento de hardware, atualizações de infraestrutura e desenvolvimento contínuo.

Mas você também deve considerar os outros custos que estão vinculados a um novo processo de análise, tais como o tempo necessário para o aprendizado, perda de motivação, a resistência dos trabalhadores, desempenho inferior devido à realização incorreta do novo processo, e oportunidades desperdiçadas para a realização de algo melhor.

Estes são os quatro problemas onerosos mais comuns.

TCO

1. Problema: Qualidade de dados deficiente

O primeiro passo na implementação de um projeto de business intelligence é a extração dos dados de vários outros sistemas da empresa, como o CRM, sistemas de RH e sistemas financeiros para o data warehouse. Porém, primeiramente, os dados devem ser limpos, o que é demorado e caro.

Solução: Foco no MVP

Quando se trata de dados que devem ser integralizados em seu data warehouse, pense grande, mas comece pequeno a fim de minimizar as horas de consultoria para dados cujos quais você não tem certeza de que este processo é necessário. Mantenha o foco no MVP, o Produto viável mínimo. Estes são os dados que lhe proporcionarão a maior retorno sobre o investimento rapidamente.

Uma estratégia clara deve ser estabelecida antes da implementação. Este guia lhe ajuda a esquematizar o processo de tomada de decisões que melhor se adeque a sua organização: “A melhor estratégia de BI”.

2. Problema: O projeto interminável

Também conhecido como "scope creep", projetos de longa duração espalham-se pelas empresas que lutam para selecionar os dados mais importantes para utilizar em seu projeto de business intelligence. Como resultado, eles exageram, classificando dezenas de dados que, no final das contas, não são claros. Isso leva a problemas de qualidade de dados que já mencionei. Com muita frequência, vimos às empresas realizarem a extração dos dados para o data warehouse, limpá-los e, em seguida, decidir se estes conjuntos de dados são ou não necessários.

Isso resulta em um processo de ciclo interminável que se inicia, para, inicia e para novamente o projeto de BI. Pior, não é raro ver as prioridades da empresa mudarem durante este período antes que qualquer análise de objetivos possa ser obtida, inutilizando tudo o que já foi realizado até aquele momento. O mundo dos negócios está mudando tão rapidamente que a lentidão na implementação de business intelligence pode significar a não aplicação do business intelligence. 

Solução: Entenda os seus objetivos de negócios

Conheça os seus objetivos de negócios desde o primeiro dia e desenvolva um plano de ação. Reavalie continuamente este plano. Os problemas do mundo real geralmente modificam-se sem prévio aviso, por assim dizer. Seu plano de ação deve ser flexível o suficiente para se adequar a estas mudanças. Não pense no business intelligence como um projeto único, mas sim como uma estratégia contínua para a excelência orientada a dados.

Ao invés de realizar a extração de dados somente porque estes podem ser úteis, estabeleça as métricas que mais importam e concentre-se nestas. Isso evita a sobrecarga de informações e garante que os funcionários estejam focados nos KPIs mais importantes. Este guia irá ajudá-lo a determinar quais KPIs são mais importantes para sua empresa: “As métricas que importam”.

3. Problema: License creep

O license creep é o crescimento descontrolado das licenças de software dentro de uma empresa. Naturalmente, o objetivo final de qualquer implementação de BI bem-sucedida é disseminar o poder da análise para a maior quantidade de usuários possível em toda a empresa. 

Muitos fornecedores cobram um preço fixo por usuário e não oferecem preços por quantidade. À medida que novos usuários são adicionados conforme o crescimento do projeto, os valores cobrados não se adequam. Os compradores de BI também ignoram muitas vezes o fato de que uma vez que o seu projeto de business intelligence evolui para uma estratégia mais colaborativa, unificadora, há um preço elevado para os servidores adicionais necessários para implementação em toda a empresa.

Solução: Faça o planejamento da implementação do BI

Pensamento estratégico a longo prazo é particularmente importante a fim de evitar o license creep inesperado. É importante não somente para considerar quais objetivos sua empresa deseja atingir para iniciar um novo projeto de business intelligence, mas também quais devem ser as metas a longo prazo e quem deve estar envolvido na sua execução. Aumente o número de licenças conforme a implementação do BI. Comece com principais usuários e adquira licenças conforme a necessidade destas. Obtenha ajuda profissional para iniciar a implementação do BI e garanta o treinamento dos funcionários para desenvolver e apoiar a solução posteriormente.

Uma parte importante deste plano é mapear quem especificamente utilizará as análises, suas responsabilidades e funções dentro da empresa e qual a melhor maneira para o consumo destes dados. Chamamos estes de usuários de BI. Este guia irá ajudá-lo a definir os usuários de BI na sua empresa para facilitar e aplicar a alta adoção do usuário: “Como garantir os mais altos índices de adoção do usuário em seu projeto de BI.

4. Problema: O obstáculo da subutilização

Agora que você já adquiriu e realizou a implementação de uma solução de business intelligence, é necessário aprender a utilizá-la. Uma solução de BI e analytics poderosa não vale nada se os usuários não possuírem o know-how necessário para aproveitar os vários níveis de ferramentas.

As empresas são, muitas vezes, conquistadas pela palavra "autosserviço", porém, descobrem que é necessário um pouco de conhecimento técnico. O que pode parecer simples e intuitivo em uma demonstração realizada por um profissional de vendas, pode ser uma tarefa árdua para um usuário de negócios do mundo real. As empresas são, muitas vezes, conquistadas pelo software de visualização de dados e dashboards chamativo, mas quando os tomadores de decisão precisam de mais detalhes, é necessária a utilização de consultores para ajudar.

Solução: A ferramenta correta para o trabalho certo

Os usuários devem receber o treinamento adequado de business intelligence que atenda às necessidades de BI destes dentro da organização. Da mesma maneira que licenciamento e treinamento não é uma solução única para todos. Verifique com o fornecedor de business intelligence que tem uma variedade de diferentes classes para uma variedade de diferentes níveis-de painéis básicos e visualização de dados habilidade para análises avançadas em tempo real e tudo mais. E o treinamento deve ter preços acessíveis. Um fornecedor de business intelligence que cobra um valor muito alto pelo treinamento está perdendo o foco do BI para todos.

Este guia irá ajudá-lo a no planejamento dos passos a serem tomados em cada fase da jornada para se tornar uma organização orientada a dados e: “Três passos para se tornar uma organização orientada a dados”.

A parceria do BI

Não seja vítima destes problemas comuns de TCO. Introduza um processo de compra atualizado sobre o que deveria – e o que não deveria– estar à frente em uma implementação de business intelligence e estratégia bem sucedida. Saber o que está por vir é metade da batalha. O restante consiste em realizar o alinhamento da sua empresa com um parceiro de BI, que prevê todos os custos diretos e indiretos em potencial de business intelligence e analytics.

Faça o download do guia completo com a nossa análise detalhada sobre os custos ocultos de BI e os passos necessários para evitá-los. Temos um plano de ação traçado para você aqui: "Controle o custo total da aquisição do BI".

Total cost of ownership
Share